CdM #17: Chapecoense imortal

Caio Júnior, técnico da Chapecoense, morreu como homem honrado, que é.
Deixou família e amigos, orgulhosos e com saudades, entrando para a história.

caio-junior-morreria-feliz

O mundo se comoveu diante de tamanha tragédia. E que tragédia!

chapecoense-ceu

Que pena que o goleiro Danilo salvou aquela bola com os pés no último minuto, senão a Chapecoense não teria sido classificada e todos estariam vivos“, dizem alguns.
Leitor, essa é precisamente a diferença entre quem vive a história e quem a escreve, ter a coragem de colocar o pé; a coragem de sacrificar, de escolher o difícil no lugar do fácil, o longo ao invés do curto, ser pioneiro da própria história, protagonista da própria vida. Quem morre fazendo isso engrandece a vida!

Deus abençoe esse pessoal todo, porque se minhas suspeitas se confirmarem — e no meu caso espero que daqui vários anos apenas —, todos os amigos da Chapecoense desembarcaram do outro lado e estão melhor que todo mundo por aqui.

deus-chapeconse

Sem mais palavras para hoje, apenas luto e reflexão. E claro, a narração espetacular da defesa do Danilo, pelas palavras de Deva Pascovicci, narrador que também perdeu a vida no mesmo voo da equipe de Chapecó.

#forçaChape

Continue Lendo

Uber e a Essência do Capitalismo A revolução tecnológica da última década modificou relações econômicas. O Uber é um exemplo disso e vem incomodando alguns, mas não clientes....
Eu, o Taxista e o Uber Conversei pessoalmente com um taxista para saber o que ele achava do Uber. O relato completo você lê nesse post.
CdM #19: Discordar é viver, ao meu amigo JP Às vezes em meio aos ringues armados, principalmente em terreno digital, eu fico impressionado com algumas coisas que leio. Eis aqui uma delas.

Newsletter do Mercador

Receba conteúdo exclusivo por e-mail

Respeitamos sua privacidade e não mandamos spam. Você pode cancelar sua inscrição quando quiser.

Categorias: Coluna do Mercador

Tags:

Deixe um Comentário

avatar