CdM #17: Chapecoense imortal

Caio Júnior, técnico da Chapecoense, morreu como homem honrado, que é.
Deixou família e amigos, orgulhosos e com saudades, entrando para a história.

caio-junior-morreria-feliz

O mundo se comoveu diante de tamanha tragédia. E que tragédia!

chapecoense-ceu

Que pena que o goleiro Danilo salvou aquela bola com os pés no último minuto, senão a Chapecoense não teria sido classificada e todos estariam vivos“, dizem alguns.
Leitor, essa é precisamente a diferença entre quem vive a história e quem a escreve, ter a coragem de colocar o pé; a coragem de sacrificar, de escolher o difícil no lugar do fácil, o longo ao invés do curto, ser pioneiro da própria história, protagonista da própria vida. Quem morre fazendo isso engrandece a vida!

Deus abençoe esse pessoal todo, porque se minhas suspeitas se confirmarem — e no meu caso espero que daqui vários anos apenas —, todos os amigos da Chapecoense desembarcaram do outro lado e estão melhor que todo mundo por aqui.

deus-chapeconse

Sem mais palavras para hoje, apenas luto e reflexão. E claro, a narração espetacular da defesa do Danilo, pelas palavras de Deva Pascovicci, narrador que também perdeu a vida no mesmo voo da equipe de Chapecó.

#forçaChape

Continue Lendo

Eu, o Taxista e o Uber Conversei pessoalmente com um taxista para saber o que ele achava do Uber. O relato completo você lê nesse post.
Uber e a Essência do Capitalismo A revolução tecnológica da última década modificou relações econômicas. O Uber é um exemplo disso e vem incomodando alguns, mas não clientes....
Casamento Gay e Liberdade Quem milita contra o casamento gay não está defendendo a família tradicional, mas afrontando o direito às liberdades individuais.

Newsletter do Mercador

Receba conteúdo exclusivo por e-mail

Respeitamos sua privacidade e não mandamos spam. Você pode cancelar sua inscrição quando quiser.

Categorias: Coluna do Mercador

Tags:

Deixe um Comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
wpDiscuz